Como montar sua estratégia de automação

Para trabalhar com automação é preciso saber “prever o futuro”. Você precisa imaginar como seu Lead, reagirá a suas comunicações e como fazer isso de forma assertiva para montar sua estratégia de automação.

Uma simples forma de “prever o futuro” é padronizar os comportamentos dos usuários. Ou seja, adequar nossas iniciativas, de modo que conheça como cada lead funciona.

Padronização, montar estratégia de automação
Vamos conhecer melhor uns aos outros?

Através dos dados da sua base de clientes, é possível enquadrá-los em determinados grupos e padrões comportamentais. Por exemplo:

  1. A – Não abre nenhuma comunicação, mas já consumiu.
  2. B – Já consumiu produto X e abre a comunicação recorrentemente.
  3. C – Abre a comunicação, porém nunca consumiu nada.

Enfim, esse estudo permitirá que você tome monte sua estratégia de automação de forma assertivas, até por não haver padronização do comportamento do usuário. De modo que não é possível dizer que o cliente Y agirá sempre da mesma forma, uma vez que não o conhecemos totalmente.

Mas lembre-se, para montar uma estratégia de automação, é preciso saber qual a melhor ferramenta para você.

Enxergando a necessidade de montar sua estratégia de automação:

Primeiramente vamos começar citando um exemplo:

Vendo 5 produtos que são complementares, mas que não precisam ser consumidos todos juntos. Construo minhas comunicações levando em conta que vou oferecer de 1 a 5 de forma sequencial.

Porém, poderá acontecer de alguém da minha lista já ter o produto 4. Mas por ser uma lista automatizada, o lead receberá todos os e-mails de 1 a 5, independente dessa situação. O que é interessante por ser massivo, porém, pouco assertivo.

Agora imagine o cenário, onde seu Funil reconhece cada cliente e os produtos nos quais tem e simplesmente não envia o e-mail relativo ao que ela já possui. Ou seja, se de 1 a 5, se você tem o produto 4, você receberá 1, 2, 3 e 5.

Padronização de clientes, montar estratégia de automação

Como se programar montar sua estratégia de automação

Um bom projeto a se colocar em prática, é segmentar seu público antes de enviar um SMS, E-mail, whasapp etc.

Eventualmente a mensagem com algum produto complementar ao que já tem, se tornará muito mais eficiente. Pois você já conhece o comportamento desse cliente, já sabe mais ou menos seus gostos e o que costuma adquirir.

Ou seja, você poderá ter dois caminhos:

Não ter uma conversão de 100%, porém um alcance muito maior e que futuramente lhe poderá lhe trazer mais Leads. Pois os mesmos entrarão em processo de Nutrição.

ou

Antes de enviar a comunicação, segmentar seu público dentro de um perfil comportamental, poupando- de receber uma comunicação sem sentido. Logo, aumentando consideravelmente sua taxa de conversão.

 

Conclusão, sua configuração de envio de e-mails, precisa estar alinhado aos desejos do seu público. O modo massivo de comunicação é interessante por ser vasto, todavia, ser assertivo pode gerar maior conversão.

Lembrando que temos um conteúdo interessantíssimo sobre otimizar sua comunicação ao público.

E como sempre dizemos aqui, o importante não é só otimizar suas ferramentas, mas otimizar seu trabalho. De forma que seja cada vez mais eficiente e menos trabalhoso.

Fale conosco para montarmos uma estratégia, temos ótimos planos de ação para você!

 


Prometo não enviar nenhum Spam 😉

Compartilhe conhecimento!
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email